Dois terços dos russos são contra o envio de tropas à Ucrânia

Alguns respondentes citaram também o uso de força na Ucrânia Foto: Reuters

Alguns respondentes citaram também o uso de força na Ucrânia Foto: Reuters

Dois terços dos russos (63%) são contra o envio de tropas para as regiões devastadas pela guerra no sudeste da Ucrânia, revelou uma pesquisa do Centro de Pesquisa de Opinião Pública de Toda a Rússia (VTsIOM, na sigla em russo).

De acordo com o estudo realizado em meados de julho, 87% dos russos estão cientes dos combates na Ucrânia. A maioria dos entrevistados disseram que o conflito deve ser resolvido por métodos diplomáticos.

Alguns respondentes citaram também o uso de força na Ucrânia: 22% apoiaram “medidas cirúrgicas”, e 11% acreditam que as tropas russas devem ser enviadas para a região. Pelo menos 5% dos entrevistados afirmaram que as autoridades russas não devem reagir aos acontecimentos no país vizinho.

A pesquisa foi realizada com 1.600 pessoas em 130 cidades russas. A margem de erro é de aproximadamente 3,4 pontos percentuais.

 

Publicado originalmente pela agência Itar-Tass

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.