O que é o Dia da Rússia?

Para 9%, o Dia da Rússia em nada se diferencia de um sábado ou domingo comum Foto: ITAR-TASS

Para 9%, o Dia da Rússia em nada se diferencia de um sábado ou domingo comum Foto: ITAR-TASS

Em 12 de junho, comemora-se no país um dos mais jovens feriados nacionais, o Dia da Rússia. Nesse dia, em 1990, o Congresso dos Deputados do Povo da RSFSR promulgou a Declaração de Soberania Estatal da Rússia, na qual foi proclamada a supremacia da Constituição da Rússia e de suas leis.

Para muitos habitantes do país, o Dia da Rússia virou um feriado contraditório. As pessoas não entendiam como seria celebrar o dia da perda da soberania do seu país. Aliás, 12 de junho de 1991, é também  dia em que Boris Iéltsin foi eleito presidente da RSFSR.

Ficou em aberto a pergunta sobre se era mesmo necessário celebrar o Dia da Rússia, 12 de junho.

Como lembra o cientista político Aleksandr Dúguin, o feriado da identidade russa deve ser celebrado. "Acho que o Dia da Rússia deve ser comemorado em um dia de uma verdadeira grande vitória. Por exemplo, a vitória contra aqueles que ameaçaram a nossa sobrevivência histórica e  a vitória contra os ocupantes", diz ele.

Intitulado de "Dia da Rússia" pelo atual presidente Vladímir Pútin, o dia 12 de junho ganhou nova forma no país, pois desde 2002 já não se celebra a promulgação da Declaração de Soberania Estatal da RSFSR. Atualmente, esse é um feriado dedicado a todo país.

A Rússia moderna

Uma pesquisa de opinião pública sobre o feriado foi realizada pelo Centro Levada com 1.600. Dessas, até hoje 44% acreditam que o feriado é intitulado "Dia da Independência da Rússia", e só 38% conhecem seu verdadeiro nome, "Dia da Rússia".

Um quinto dos entrevistados não soube responder o que mudou depois da independência.

Então líder do grupo que elaborou a declaração, Oleg Rumiantsev responde com tristeza sua opinião sobre o feriado: "Esse é o dia dos fundamentos da ordem constitucional. Por isso o nome atual é um tanto quanto infeliz. A declaração proclama princípios da soberania popular, ela deveria ter se tornado o ponto de referência do federalismo, abrir caminho para um novo acordo de união. Esse feriado é muito racional para que as massas o possam avaliar, mas muito bom para pensar sobre onde chegamos e sobre se estamos mesmo no caminho certo".
 

O que os russos irão fazer no dia do país

Ainda de acordo com a pesquisa do Centro Levada, 14% dos russos que trabalham passarão o feriado em casa, com familiares, e 11% em suas "datchas" (casas de campo). Também 11% planejam trabalhar na data, enquanto 10% planejam fazer churrasco, ou bronzear-se.

Para 9%, o Dia da Rússia em nada se diferencia de um sábado ou domingo comum. Outros 9% querem usar o dia somente para descansar; 11% não têm planos definidos.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.