Três quartos dos russos temem guerra contra a Ucrânia, revela pesquisa

Três quartos dos entrevistados mostraram preocupação com a possibilidade de um conflito armado entre a Rússia e a Ucrânia Foto: Reuters

Três quartos dos entrevistados mostraram preocupação com a possibilidade de um conflito armado entre a Rússia e a Ucrânia Foto: Reuters

De acordo com os resultados da pesquisa do Centro Levada, realizada de 25 a 28 de abril em 45 regiões russas, o processo de separação da Crimeia e sua anexação à Rússia, que começou há dois meses, foi bem recebido pelos cidadãos russos, mas, paralelamente, gerou o medo de guerra civil e de entrada das tropas russas na Ucrânia.

O estudou mostra que 88% dos entrevistados acreditam que a adesão da península foi o resultado da livre vontade dos habitantes da Crimeia. Mas diminuiu a proporção das pessoas que aprovam estender a experiência da Crimeia a outras regiões da Ucrânia, caso seus moradores votem em um referendo semelhante.

Na segunda quinzena de março, essa ideia era apoiada por 67% dos entrevistados, mas agora caiu para 58%. Nesse contexto, 30% dos russos acreditam ser correto abster-se da anexação das regiões de Donetsk ou Lugansk à Rússia, e 12% são a favor da adesão de novos territórios. 

Três quartos dos entrevistados mostraram preocupação com a possibilidade de um conflito armado entre a Rússia e a Ucrânia. A metade deles admitiram não entender bem o que está realmente acontecendo na Ucrânia, e 12% disseram que não entendem nem sabem em que informações podem acreditar.

 

Publicado originalmente pelo Vedomosti 

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.