Tribunal rejeita caso contra criadora de grupo de apoio LGBT

Grupo de Klimova presta assistência a adolescentes russos vítimas de preconceito Foto: vk.com

Grupo de Klimova presta assistência a adolescentes russos vítimas de preconceito Foto: vk.com

Um tribunal russo retirou na sexta-feira passada (21) as acusações de “propaganda” homossexual entre menores contra a criadora de uma comunidade on-line para adolescentes homossexuais.

O caso contra Lena Klimova foi iniciado no final de janeiro em Nijni Taguil, nos Urais, a pedido do deputado local Vitáli Milonov, que está à frente da legislação antigay na Rússia.

Klimova, que foi acusada de violar a lei que proíbe a “promoção de relações sexuais não tradicionais entre menores”, havia recebido uma multa de 100 mil rublos (US$ 2.800).

“Acabamos de ter uma audiência judicial e o caso foi encerrado. Desculpa Milonov”, anunciou a fundadora do grupo on-line em sua página no Facebook.

O grupo LGBT “Children-404”, criado na rede social russa Vkontakte, publica relatos pessoais de adolescentes gays russos em sua luta pela aceitação e contra a homofobia nas províncias conservadoras do país.

“Sem esses grupos, nenhuma criança como essas existiriam”, rebateu Milonov, que também organizou uma campanha contra a MTV, aborto e ensino da teoria da evolução nas escolas.

De acordo com Klimova, encerrar o grupo seria um golpe grave contra a saúde mental dos adolescentes LGBT na Rússia, que costumam usar a comunidade para falar abertamente sobre si mesmo e receber conselhos úteis.

Esse é o quinto caso levado ao tribunal deste que a famigerada “lei antigay” entrou em vigor, causando enorme indignação entre ativistas de direitos humanos no Ocidente.

O episódio mais recente, na região de Khabarovsk, envolveu o editor-chefe de um jornal local, que foi multado em 50 mil rublos (US$ 1.400) depois de noticiar a história de um professor de geografia vítima de discriminação por ser gay.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow News

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.