Rússia celebra o Dia do Defensor da Pátria nesta sexta

Data é celebrada em estilo militar em diversas cidades russas. Foto: ITAR-TASS

Data é celebrada em estilo militar em diversas cidades russas. Foto: ITAR-TASS

Todo 23 de fevereiro é dia de celebrar quem atua na defesa da Rússia. No entanto, na data, até homens que nada têm a ver com as forças armadas recebem atenção feminina.

Os cidadãos da Rússia, da Bielorrússia, da Ucrânia e do Quirguistão celebram nesta sexta-feira (23) o Dia do Defensor da Pátria. O feriado, em estilo militar, é acompanhado por desfiles, concertos e queima de fogos em várias cidades da região.

Informalmente, porém, a data é vista no país como uma versão masculina e russa do Dia Internacional da Mulher (a maioria da população masculina local desconhece a existência de um “Dia Internacional do Homem”, celebrado em 19 de novembro).

É por isso que, nesse dia, também é costume dar e receber presentes. Os mais populares costumam ser meias e perfumaria, motivo pelo qual o feriado recebeu o apelido jocoso de “Dia Nacional do Creme de Barbear”.

Recentemente, alguns homens até organizaram “protestos” na véspera: eles próprios compraram creme de barbear na tentativa de colocar suas mulheres em um impasse e forçá-las a ter ideias mais criativas de presente – como a pede a comemoração.

Feriado sem consenso

Curiosamente, não se sabe ao certo por que a data foi escolhida para a celebração.

Durante a União Soviética dizia-se que em 23 de fevereiro de 1918 o Exército Vermelho derrotou as tropas alemãs perto de Pskov e Narva. 

Mais tarde, porém, a crença veio por água abaixo: na noite de 23 de fevereiro daquele ano, os alemães estavam a 55 km de Pskov, a 170 km de Narva e não houve luta alguma.

A queda do regime soviético também alterou a extensão do feriado, já que os governos de algumas das ex-repúblicas soviéticas se recusaram a celebrar o 23 de fevereiro.

Além disso, apesar de a data do feriado se manter inalterada desde o princípio, seu nome foi trocado várias vezes. 

Até 1949, os soviéticos comemoravam o 23 de fevereiro como “Dia do Exército Vermelho”. Entre 1949 e 1993, o feriado passou a ser chamado oficialmente de “Dia do Exército soviético e da Marinha”, mas logo se tornou o “Dia de Exército Russo”. Foi em 1995 que a data foi renomeada pela última vez, recebendo o título atual.

Gostaria de saber como se tornar um soldado do Exército russo? Veja detalhes aqui

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais