Ministério propõe isenção de visto para viajantes de trem por até 72 horas

De acordo com as emendas propostas, o governo deverá selecionar as estações de trem que estarão abertas para o tráfego internacional Foto: CapF/Flickr

De acordo com as emendas propostas, o governo deverá selecionar as estações de trem que estarão abertas para o tráfego internacional Foto: CapF/Flickr

Estrangeiros a bordo de trens de longa distância poderão entrar no país sem a necessidade de obter documento. Conselho de ministros ficará encarregado de aprovar a lista de países cujos cidadãos terão tal benefício.

O Ministério dos Transportes da Rússia propôs que turistas estrangeiros que chegarem ao país a bordo de trens de longa distância possam permanecer em território russo por até 72 horas sem a necessidade de obter vistos.

De acordo com as emendas propostas, o governo deverá selecionar as estações de trem que estarão abertas para o tráfego internacional, onde os passageiros poderão usufruir desse benefício.

Além disso, o conselho de ministros ficará encarregado de aprovar a lista de países cujos cidadãos terão o direito de entrar na Rússia por trem sem a obtenção de vistos.

No momento, uma isenção de vistos semelhantes é oferecida aos turistas estrangeiros que chegam à Rússia em balsas e cruzeiros específicos.

O presidente da estatal Russian Railways, Vladímir Iakúnin, propôs em 2010 suspender os vistos de entrada para turistas que chegassem a bordo do trem expresso Allegro, que Helsinque a São Petersburgo.

 

Publicado originalmente pela agência de notícias Itar-Tass

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.