Pais poderão vigiar estudantes durante prova por câmeras de vídeo

Sistema de vigilância de vídeo deve começar a funcionar no início de abril Foto: Shuterstock / Legion-Media

Sistema de vigilância de vídeo deve começar a funcionar no início de abril Foto: Shuterstock / Legion-Media

Câmeras de vídeo vão monitorar o exame final do ensino médio na Rússia. As imagens serão transmitidas ao vivo, permitindo que os pais vigiem seus filhos e colegas de escola durante a prova para evitar trapaças.

“Quase todas as salas de aula utilizadas para fazer o Exame Unificado” vão receber os equipamentos de vigilância, informou o ministro da Educação e Ciência, Dmítri Livanov, ao canal NTV. “Os pais vão poder assistir a seus filhos ao vivo.”

Segundo ele, aumentar a transparência e o controle público sobre o exame unificado é um dos principais desafios do ministério. “Quando todos aprenderem a fazer o exame honestamente, não haverá mais necessidade de medidas como essa”, continuou.

O sistema de vigilância de vídeo deve começar a funcionar no início de abril.

Os críticos do Exame Unificado atribuem grande parte das trapaças aos alunos com bons contatos ou endinheirados que compram as perguntas antes da prova, ou a funcionários corruptos que cedem as respostas a alguns alunos em troca de suborno. Ao que tudo indica, esses problemas não serão solucionados com a implantação de câmeras de vídeo.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow Times

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.