Avião siberiano faz voo forçado após briga pelo banheiro

Passageiro já estava bêbado ao embarcar na cidade de Krasnoiarsk Foto: Press Photo

Passageiro já estava bêbado ao embarcar na cidade de Krasnoiarsk Foto: Press Photo

Um avião russo teve que fazer um pouso de emergência na Sibéria no domingo passado (15), após passageiro bêbado bater em um comissário de bordo que o proibiu de usar o banheiro de classe superior.

“O homem estava na classe econômica do passageiro e tentou usar o banheiro da executiva, o que é proibido. Ele brigou com o atendente e deu-lhe uns dez socos”, disse o porta-voz da polícia siberiana, Timur Kurbangaleiev.

O avião teve que executar um pouso de emergência em Novosibirsk, onde o comissário foi hospitalizado com uma lesão na cabeça e marcas de agressão. O avião foi abastecido e partiu cerca de duas horas depois.

O passageiro de 45 anos já estava bêbado ao embarcar na cidade de Krasnoiarsk rumo a Moscou, informou a polícia. Ele foi detido e levado para uma delegacia em Novosibirsk.

Os jornais da região informaram no dia seguinte que o passageiro, identificado como Andrêi Tretiakov, é ex-vice-governador da região de Tcheliabinsk. Um processo criminal foi aberto por vandalismo. Se condenado, o passageiro poderá pegar até cinco anos de prisão.

Ovelha negra a bordo

As companhias aéreas russas sofreram recentemente uma série de incidentes envolvendo passageiros descontrolados, o que levou os legisladores do país a sugerir punições mais severas.

Parlamentares e companhias aéreas propuseram o aumento de multas, instalação de câmeras de vigilância a bordo, criação de uma lista negra com passageiros que apresentaram mau comportamento e proibição do consumo de álcool nos voos.

Nenhum dos inúmeros projetos apresentados ao Parlamento foi aprovado até o momento.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow News

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.