Teleton russo arrecada US$ 16,1 mi para vítimas de enchente no Extremo Oriente

Todo o dinheiro arrecadado terá como destino a construção de assentamentos pré-fabricados para os moradores que perderam suas casas Foto: AP

Todo o dinheiro arrecadado terá como destino a construção de assentamentos pré-fabricados para os moradores que perderam suas casas Foto: AP

Dinheiro arrecadado em 10 horas de programa será destinado à construção de novas moradias.

No domingo passado (29), o Canal Um realizou um  “Teleton russo” em apoio às vítimas das enchentes no Extremo Oriente. Durante as dez horas de programa, os telespectadores doaram mais de 517 milhões de rublos (US$ 16,1 milhões), que serão empregados na construção de novas moradias.

“É uma pena que não fizemos isso na época da enchente em Krimsk [inundação que ocorreu no sul do país no verão de 2012]”, afirma Konstantin Ernst, diretor-geral do Canal Um. “Mas, agora está claro que a época do frio se aproxima e muitas pessoas vão ficar em uma situação difícil.”

Colaboradores do Canal Um, personalidades russas e jornalistas foram mobilizados para o evento. Além das atrações, foram apresentados flashes ao vivo dos locais alagados, e atores famosos falavam ao telefone com pessoas afetadas pelas inundações ou agradeciam quem havia feito alguma contribuição.

“É nesses dias que você compreende como são formidáveis os seus compatriotas. Uma senhora enviou mais de 500 mensagens, nós ligamos para ela, e ela disse: ‘não fiquei contando, simplesmente assistia a transmissão e enviava’”, conta Ernst.

Todo o dinheiro arrecadado terá como destino a construção de assentamentos pré-fabricados para os moradores que perderam suas casas. Nesta terça-feira (1), Ernst se reuniu com os governadores do Extremo Oriente russo para selecionar os locais favorecidos.

 

Publicado originalmente pelo Kommersant

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.