Apenas 15% dos russos veem Moscou como um lugar atraente para viver

Número de pessoas que preferem morar em Moscou caiu 5% em 7 anos Foto: Reuters

Número de pessoas que preferem morar em Moscou caiu 5% em 7 anos Foto: Reuters

Comportamento dos moscovitas e ritmo de vida na capital são reprovados por grande parcela da população russa, embora cidade concentre 10% de todos os habitantes do país.

Uma pesquisa de opinião recente conduzida pelo Centro de Pesquisas de Opinião Pública da Rússia mostrou que apenas 15% dos russos acham que Moscou é uma cidade atraente para se viver, enquanto outros 25% preferem a vida em cidades pequenas.

Cerca de 60% dos entrevistados disseram não ver quaisquer "boas qualidades" nos moscovitas, considerando-os arrogantes (19%), gananciosos (9%) , grosseiros (9%), malvados (7%), e insensíveis (5%).

A pesquisa também revelou que apenas 11% dos russos gostariam de viver na segunda maior cidade do país, São Petersburgo.

Mais de metade dos entrevistados (65%) disseram preferir viver fora de Moscou por causa da poluição da grande cidade. Cinquenta e três por cento acreditam que as cidades pequenas são mais seguras.

Cerca de um décimo da população total da Rússia (143 milhões de habitantes) vive em Moscou, de acordo com estatísticas oficiais. Em uma pesquisa de opinião semelhante realizada em 2006, cerca de um quinto dos entrevistados diziam preferir viver em Moscou.

A recente pesquisa foi conduzida em agosto com 1.600 adultos em 130 áreas residenciais.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow Times

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.