Petição on-line contra lei antipirataria reúne 100 mil assinaturas

Lei antipirataria gerou protesto nas ruas de São Petersburgo Foto: ITAR-TASS

Lei antipirataria gerou protesto nas ruas de São Petersburgo Foto: ITAR-TASS

De acordo com a nova lei, detentores de direitos autorais podem bloquear conteúdo antes de decisão judicial.

Uma petição on-line contra a lei antipirataria russa recebeu as 100 mil assinaturas necessárias para enviá-la ao governo.

A petição foi publicada no portal Iniciativas Popular da Rússia no início de julho, dois dias depois de o presidente Vladímir Pútin assinar a nova lei contra a pirataria de filmes.

A nova norma permite que os detentores de direitos autorais peçam para o tribunal bloquear o conteúdo em questão antes de qualquer decisão judicial sobre a sua legalidade, sem a necessidade de entrar em contato com a pessoa que fez o upload do arquivo.

Se o site não cumprir a ordem, o seu endereço de IP pode entrar na “lista negra” da internet russa. Essa medida apresenta falhas do ponto de vista técnico, porque cada endereço de IP é normalmente usado por vários sites independentes. Desse modo, se um deles for banido, todos os demais também acabaram sendo prejudicados.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow Times 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.