Graduadas em escolas militares cresce 30% em relação a 2012 no Distrito Militar Ocidental

Neste ano, aproximadamente 1.500 graduados das escolas superiores de ensino do Ministério de Defesa da Rússia e universidades civis foram distribuídos nas tropas e forças do ZVO Foto: RIA Nóvosti

Neste ano, aproximadamente 1.500 graduados das escolas superiores de ensino do Ministério de Defesa da Rússia e universidades civis foram distribuídos nas tropas e forças do ZVO Foto: RIA Nóvosti

Jovens oficiais deverão servir em unidades de comunicação, prestar atendimento em aeródromos, na aviação militar, entre outros.

O número de graduadas em escolas militares cresceu cerca de 30% em comparação com 2012 no Distrito Militar Ocidental (ZVO, na sigla em russo), informou na última quinta-feira (1º) o chefe do serviço de imprensa do distrito, coronel Oleg Kotchetkov.

"Setenta e sete moças completaram a formação na Universidade Militar do Ministério de Defesa da Rússia, institutos e academias de todos os gêneros e espécies das Forças Armadas juntamente com os rapazes, recebendo as primeiras patentes de oficiais. O número maior do que o do ano passado indica um crescimento no número de mulheres jovens que querem construir uma carreira militar”, disse Kotchetkov.

Ele observou que as jovens oficiais deverão servir em unidades de comunicação, prestar atendimento em aeródromos, na aviação militar, nos sistemas automáticos de comando de tropas e supervisionar unidades de provisão de materiais e equipamentos.

Neste ano, aproximadamente 1.500 graduados das escolas superiores de ensino do Ministério de Defesa da Rússia e universidades civis foram distribuídos nas tropas e forças do ZVO.

 

Publicado originalmente pela RIA Nóvosti

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.