Moscou ganha circuito artístico de patinete

Circuito de patinetes deverá passar pelo teste do outono antes de ganhar novos museus no ano que vem Foto: letskick.ru

Circuito de patinetes deverá passar pelo teste do outono antes de ganhar novos museus no ano que vem Foto: letskick.ru

Lançado neste sábado (27), projeto TurKultur permite visitantes ir de um museu ao outro sobre duas rodas.

Entre os dias 27 de julho a 22 de outubro, um sistema de transporte entre museus ligará o Centro de Exposições Manej a uma série de outros museus. O objetivo do projeto TurKultur é dar às pessoas a oportunidade de visitar no mesmo dia vários museus localizados no centro, movendo-se de um ponto para o outro sobre um patinete. Para que aproveitar todas as atrações ao longo caminho, será entregue o mapa do itinerário junto com o patinete. No total, são oferecidos 10 itinerários, com durações variando de 15 a 120 minutos.

“Pode-se obter um dos 100 patinetes comprados ao chegar para a exposição no Manej”, conta  Aleksandr Uskov-Kell, criador do projeto. O uso do patinete é absolutamente gratuito, porém, o visitante deverá deixará 2 mil rublos (US$ 61) de caução. Os funcionários responsáveis pela entrega do patinete também poderão fornecer informações sobre a exposição e o itinerário.

"O patinete é excelente, é ideal para o centro de Moscou. Além disso,  velocidade para andar de patinete pela cidade é em torno de 12 a 15 km/h, ou seja, de 2 a 3 vezes maior do que andando a pé”, diz Aleksandr Nilov, organizador do movimento de Patinetes Urbanos “Let’s kick Moscow”.

Juntamente com o Manej, participam do projeto o Museu de Belas Artes Pushkin, o Museu Histórico do Estado, o Museu da Arquitetura “Schusev”, o Museu de Arte Moderna de Moscou, a Galeria Solianka, a Galeria Triunfo e a Fundação Cultural Ekaterina. Ao chegar com patinete  a um desses museus, o visitante terá o respectivo patinete guardado em um armário.

“Quem não quiser ir ao próximo museu, pode passar por ele ou ir a um café. O importante é devolver o patinete no Manej até às 21h30 do mesmo dia”, explica Uskov-Kell. "Se o projeto se tornar popular, haverá mais pontos de entrega dos patinetes no próximo ano”.

Uskov-Kella vê com otimismo o futuro do projeto. "O mais importante é que surja demanda. No ano que vem, prevemos a participação de mais de vinte museus”, continua. Segundo ele, também estão sendo avaliados possíveis descontos para as exposições para quem usar os patinetes.

Ainda assim, muitos temem que o projeto TurKultur não passará no teste durante outono de Moscou, por causa da condições climáticas. “Na Finlândia, Estônia, Noruega existem as mesmas ou até mais severas condições climáticas que em Moscou e lá as pessoas passeiam sobre patinetes durante o ano todo. O nosso não é um patinete comum, pois é equipado com uma suspensão especial para enfrentar as poças. Mesmo na chuva de outono, será possível andar nele com o mesmo conforto que no verão”, rebate Uskov-Kell.

Mais informações

Horário de funcionamento: Diariamente, de 27 de julho a 22 de outubro de 2013, das 12h às 21h30

Caução: 2000 rublos (US$ 61)

Endereço do Manej: Praça Manej 1, Moscou (estações de metrô próximas: Okhótni Riad, Aleksándrovskii sad, Biblioteca Lénin)

Para obter mais detalhes sobre o projeto, acesse moscowmanege.ru

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.