Baleias e golfinhos enfrentam ameaça em águas russas

Treinamento de baleias brancas no Extremo Oriente russo Foto: Vitáli Ankov/RIA Nóvosti

Treinamento de baleias brancas no Extremo Oriente russo Foto: Vitáli Ankov/RIA Nóvosti

Condições ambientais nas regiões costeiras do país comprometem populações marinhas.

O agravamento das condições ambientais em águas costeiras russas estão ameaçando populações de baleias e golfinhos, informou o Fundo Mundial para a Natureza (WWF) nesta semana.

“A pesca à deriva no Extremo Oriente russo está colocando em risco as populações de golfinhos, enquanto os locais de reprodução das baleias na ilha de Sakhalin estão sendo invadidos”, disse o chefe do programa marinho do WWF no Dia Mundial das Baleias e dos Golfinhos, data estabelecida em 1986 para conscientizar as pessoas sobre os perigos enfrentados por esses animais.

“As baleias são atraídas pela poluição da água, e há um aumento das chamadas baleias fedidas na costa de Tchukotka, extremo nordeste do país, as quais moradores não podem comer”, disse Konstantin Zguróvski, da WWF, à agência RIA Nóvosti.

As populações de narval no Ártico estão cada vez mais ameaçadas pela mudança climática. O número de colisões entre baleias e navios também aumentou. Além disso, segundo Zguróvski, as baleias são sensíveis aos sinalizadores dos submarinos, bem como aos abalos sísmicos produzidos pela exploração de petróleo perto do litoral.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow Times

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.