Rússia enfatizará singularidade das cidades-sede da Copa de 2018

Estádio de Sôtchi receberá jogos de futebol durante a Copa do Mundo de 2018 Foto: Mikhail Mordassov

Estádio de Sôtchi receberá jogos de futebol durante a Copa do Mundo de 2018 Foto: Mikhail Mordassov

“Na Rússia, nós temos alguns trunfos. Em particular, vamos enfatizar as singularidades das nossas cidades sedes, sua diversidade geográfica e cultural", disse Aleksêi Sorokin, chefe do comitê que organiza competição russa.

A Rússia vai enfatizar as singularidades das cidades-sede da Copa do Mundo, que será realizada no país em 2018, declarou Aleksêi Sorokin, diretor do Comitê Organizador dos Preparativos e da Realização da Copa do Mundo em uma entrevista exclusiva à agência de notícias ITAR-TASS.

"Estou impressionado com a atmosfera de hospitalidade e com o conforto para os torcedores que os brasileiros foram capazes de dispor [na Copa das Conferedações]", disse Sorokin, que fez parte da delegação russa que esteve na competição encerrada no último domingo no Rio de Janeiro, vencida pelo Brasil.

“Na Rússia, nós temos alguns trunfos. Em particular, vamos enfatizar as singularidades das nossas cidades-sede, sua diversidade geográfica e cultural",  disse Sorokin.

Ele comunicou que “já estão sendo desenvolvidos programas especiais para os torcedores, tanto para os que chegarem em grupos quanto para os que vierem de maneira independente”.

Entre as ideias, está sendo estudada a possibilidade da oferta de hospedagem diretamente com famílias russas.

Hotelaria

No Brasil, os preços altos dos hotéis causam a insatisfação dos estrangeiros. No entanto, o diretor-geral do comitê organizador se apressou em tranquilizar a todos.

"Aqui, foi aprovada uma lei especial em relação à Copa do Mundo, que dá o direito ao governo de intervir e ajustar os preços da hospedagem em hotéis, no caso do mercado se comportar de maneira inadequada", destacou.

De acordo com o interlocutor, “é claro que a principal aposta foi feita não sobre a administração de preços, mas nos mecanismos normais de mercado”.

“Para isso, está sendo dispensada uma atenção prioritária aos investimentos em hotelaria, a fim de que os preços sejam contidos pelo volume da oferta de acomodações que correspondam ao conceito internacional de qualidade",  contou  Sorokin.

Compartilhando as suas impressões sobre o Brasil, ele destacou especialmente um traço característico dos torcedores do país:

"Você pode sentar-se na arquibancada da torcida brasileira e torcer abertamente para os seus adversários", disse Sorokin, reconhecendo que "nos estádios russos, por enquanto, é difícil de imaginar algo semelhante”.

 

Publicado originalmente pela ITAR-TASS

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.