Moscou quer trocar nome de loja após reclamações da Igreja

Loja de produtos esotéricos é encarada como um desrespeito às tradições por representantes da Igreja Ortodoxa em Moscou Foto: ridrus.ru

Loja de produtos esotéricos é encarada como um desrespeito às tradições por representantes da Igreja Ortodoxa em Moscou Foto: ridrus.ru

Ortodoxos pedem para que loja de produtos esotéricos seja transferida para longe das muralhas do Kremlin.

As autoridades de Moscou sugeriram que uma loja com produtos esotéricos situada perto do Kremlin seja renomeada depois de reclamações de cristãos ortodoxos, informou o coordenador da União da Irmandade Ortodoxa nesta terça-feira (4).

A loja “Felicidade da Bruxa” (http://happywitch.ru), que vende artigos esotéricos e de magia, incluindo lembranças, joias, amuletos, velas mágicas e literatura temática, está localizada bem no centro da cidade, perto da estação de metrô Kitai Gorod.

“Não acho que essa loja deve permanecer no centro de Moscou nem ao lado da prefeitura”, disse o coordenador Iúri Ageschev, acrescentando que pediu ao prefeito de Moscou para fechar a loja, mas só havia recebido um reconhecimento formal de seu pedido. Ele também escreveu para o presidente Vladímir Pútin, mas ainda não recebeu um retorno.

“Deixe-os propagar suas ideias em qualquer lugar, mas não na Rússia, e muito menos perto das muralhas do Kremlin”, disse Ageschev.

 

Publicado originalmente pela RIA Nóvosti

 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.