Deputado propõe multa maior para condutores de motos e carros barulhentos

Modelos antigos lotam as ruas da capital e intensificam poluição sonora Foto: Brian Shrader / flickr.com

Modelos antigos lotam as ruas da capital e intensificam poluição sonora Foto: Brian Shrader / flickr.com

O deputado federal pelo partido Rússia Justa, Mikhail Briachak, está elaborando emenda que aumenta valor da multa para 10 mil rublos (cerca de R$ 700). Além disso, veículos ruidosos seriam tirados de circulação até passarem por conserto.

Os deputados da Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo) pretendem aumentar as multas para os condutores de motos e carros barulhentos.

O primeiro vice-presidente da Comissão da Duma para os transportes, Mikhail Briachak, está redigindo emendas à legislação com a intenção de subir para, pelo menos, 10 mil rublos (cerca de R$ 700) a multa contra os motoristas cujos veículos ultrapassarem o nível de ruído aceitável.

O deputado propõe ainda enviar os veículos infratores para um estacionamento especial até o problema ser corrigido. Atualmente, a multa por essa infração gira em torno de 100 a 300 rublos (R$ 6,70 a R$ 20,10) ou até mesmo uma simples notificação.

“Não só os motociclistas, mas também alguns motoristas operam veículos com um nível de ruído superior ao aceitável, causando desconforto em outros”, disse o deputado.  

O primeiro vice-presidente da Comissão Constitucional e líder da organização “Liberdade de escolha”, Viatcheslav Lissakov (do partido Rússia Unida), disse entrevista à agência Ria Nóvosti que a iniciativa de Briachak pode ser levada em conta durante a elaboração de emendas ao capítulo 12 do Código Administrativo, que se refere ao trânsito nas vias.

“Não acho que uma multa de 10 mil rublos seja adequada para punir os essas pessoas, mas o valor atual irá aumentar”, disse o deputado. “O proprietário de um veículo ruidoso sabe que seu carro não corresponde aos regulamentos e normas técnicas e que, se ele passar à noite por uma rua, vai acordar metade de seus moradores. Mesmo assim, continua a usá-lo.”

Lissakov acredita que a multa por tal infração deve ser sancionada entre 3 mil e 5 mil rublos (R$ 200 e R$ 350).

 

Publicado originalmente pela RIA Nóvosti

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.