Um em cada cinco russos já foi roubado na internet

Apenas 4% dos usuários brasileiros foram vítimas de crimes na rede Foto: CNDD

Apenas 4% dos usuários brasileiros foram vítimas de crimes na rede Foto: CNDD

Enquanto Rússia entra para lista de países com mais casos de cibercrime, Brasil apresenta o menor índice de roubos na rede.

A Rússia entrou na lista de países onde os usuários da internet são roubados com maior frequência. De acordo com o relatório da desenvolvedora de softwares Kaspersky Lab, 20% dos cidadãos russos já foram vítimas de cibercrime ao realizar transações bancárias e compras on-line.

Uma ou duas vezes por ano, 8% dos russos se deparam com a apropriação de dados pessoais ou fraudes em cartões de crédito, revelou a pesquisa.

O Brasil, por sua vez, apresenta o menor índice de roubos na internet. Apenas 4% dos usuários brasileiros foram vítimas de crimes na rede, enquanto no resto do muno, em média, 14% dos usuários já caíram em golpes na internet pelo menos uma vez na vida.

À medida que a movimentação financeira no espaço virtual cresce, aumenta também o número de pessoas dispostas a tirar proveito disso. Os criminosos cibernéticos ganham dinheiro por meio de programas maliciosas e pela apropriação de dados confidenciais dos usuários.

De acordo com os cálculos dos especialistas, o lucro dos criminosos cibernéticos russos atingiu mais de US$ 2 bilhões no ano passado.

 

Publicado originalmente pelo lenoblinform.ru

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.