Tiroteio em Bélgorod deixa seis mortos

Foto: Reuters

Foto: Reuters

Depois de estacionar em frente a uma loja de artigos para caça, ex-presidiário começou a atirar em funcionários e transeuntes.

O número de mortos em um disparo de tiros na cidade de Bélgorod, no sudoeste da Rússia, subiu para seis depois que uma mulher não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital, informou a agência RIA Nóvosti.

Segundo a polícia local, um homem dirigiu-se à loja de caça Okhota em um BMW SUV preto por volta das 14h (horário de Moscou) desta segunda-feira. Após descer do carro, ele começou a atirar nas pessoas que passavam pelo local e nos funcionários do estabelecimento e, em seguida, fugiu.

O carro foi abandonado em outro bairro da cidade, onde foi descoberto momentos depois do crime.

O homem, identificado como o ex-presidiário Serguêi Pomazun, 31, está cercado pela polícia em um prédio.

Entre os mortos, estão três funcionários da lojas e dois transeuntes, incluindo uma garota que cursava a sétima série.

O governador da região de Bélgorod, Evguêni Savtchenko, e o prefeito da cidade, Serguêi Bojenov, compareceram à cena da crime junto com os policiais.

De acordo com uma publicação no perfil de Belgorod da rede social russa Vkontakte, uma espingarda havia sido recentemente roubada da loja de caça, mas o incidente não foi confirmado pelas autoridades locais.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow News

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.