Alemanha discute novas sanções da União Europeia contra Rússia

Governo de Merkel busca refrear ações da Rússia e do Irã na Síria, de acordo com fonte

Governo de Merkel busca refrear ações da Rússia e do Irã na Síria, de acordo com fonte

Reuters
Porta-voz do ministro das Relações Exteriores alemão, Martin Schaeffer nega informação, anunciada na quarta-feira (5) pelo Wall Street Journal. Medidas seriam impostas para refrear relações da Rússia com o Irã devido a suas ações na Síria.

A Alemanha está analisando a possibilidade de introduzir novas medidas de restrição contra a Rússia devido à escalação da situação na Síria, de acordo com informação publicada pelo Wall Street Journal com base em uma fonte ligada à diplomacia alemã que não quis ser identificada.

De acordo com a publicação, o governo da chanceler Angela Merkel está examinando diferentes métodos de pressão para que o Kremlin mude sua política na Síria. Entre esses, estariam as sanções econômicas da União Europeia contra Moscou.

A fonte também afirma que a discussão sobre a ampliação das sanções está na fase inicial. Ainda não se sabe qual o nível de apoio que a medida tem no Parlamento alemão.

Na quarta-feira (5), o porta-voz da chancelaria alemã, Martion Schafer, negou a jornalistas em Berlim que tais medidas de restrição estejam sendo discutidas.

"Não conheço ninguém em Berlim ou em outro lugar qualquer que tenha feito tal proposta", disse Schaefer.

"O Ministério das Relações Exteriores não disse nada em relação a planos concretos de se introduzirem sanções, não sei se contra Rússia ou Irã", completou.

Com o portalRegnum.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.