Donuts de queijo russos são pedida perfeita para dias cinzas; aprenda receita

Victoria Drey
Quitutes são tão boas quanto – se não melhores – do que a tradicional rosquinha homônima famosa mundialmente.

Há três coisas importantes que é preciso saber sobre os doces e salgados com tvorog (um tipo de queijo cottage russo): os russos são loucos por eles, são fáceis de preparar e muito saborosos. Jamais me deparei com uma receita que seja verdadeiramente complicada com tvorog, e esses “pôntchiki” não são exceção.

“Pôntchiki”, em russo, significa “donuts”, mas a verdade é que eles não têm nada em comum com a icônica massa em formato anelado que é conhecida como donuts no mundo todo. Nos tempos soviéticos havia um tipo especial de donut chamado “pichki”, que é muito parecido com os donuts clássicos. Eles se tornaram populares na década de 1950 e ainda existem alguns lugares em Moscou e São Petersburgo, onde se pode experimentar esse autêntico quitute soviético em forma de anel. Apesar de dar água na boca, esses doces, porém, são motivo de prazer e culpa, portanto, se não gosta de massa gordurosa, é bem provável que “pichki” não lhe agradará. Este não é o caso, no entanto, do “pôntchiki” de tvorog: essa versão não vai fermento, nem recheio, nem qualquer glacê – a deliciosa massa de tvorog que torna esse “pôntchiki” mais original e delicioso, além de bem mais saudável, do que os “pichki”.

Esses “pôntchiki” de tvorog podem ser preparados em qualquer formato, mas os autênticos são bolas. Crocante por fora e aerados por dentro, têm sabor tenro e ligeiramente azedo que difere de qualquer outra variação da rosca. Eles são muito semelhantes ao sarniki russo (panquequinhas de queijo cottage), porém mais fofos e com textura mais marcantes, uma vez que são fritos.

Em minha família, sempre fazemos “pôntchiki” de tvorog quando passamos um fim de semana em nossa datcha (casa de campo). É bom fritá-los em fogo aberto para não gastar horas limpando a cozinha depois.

Não há absolutamente nada de complexo nesta receita, que leva apenas 30 minutos. A única peça-chave é o tvorog (cottage) e açúcar de confeiteiro de qualidade.

Ingredientes:

200g de farinha;

300g de tvorog (ou queijo cottage);

2 ovos grandes;

3 colheres de sopa de açúcar;

½ colher de sopa de bicarbonato de sódio;

1 pitada de sal;

Óleo para fritar;

Açúcar de confeiteiro para polvilhar.

Modo de preparo:

O tvorog (ou cottage) para o pôntchiki deve ter consistência macia e sedosa. Para tanto, o ideal é primeiro passar o tvorog por uma peneira. 

Em uma tigela separada, bata os ovos com açúcar e sal (adicione fava de baunilha ou extrato de baunilha para obter um sabor mais intenso).

Acrescente a mistura de ovos ao tvorog peneirado. Adicione a farinha pouco a pouco, já misturada com bicarbonato de sódio.

Também peneire a farinha com bicarbonato de sódio antes de adicioná-los à mistura. Misture até obter uma massa pegajosa e elástica. Deixe descansar por 10 minutos.

Em seguida, faça várias bolinhas de tamanho igual com a massa e esquente o óleo. Pode ser uma frigideira média com óleo de girassol (cobrindo completamente o pôntchiki). Frite em fogo médio e observe como eles aumentam de tamanho.

Coloque-os em um prato coberto com papel toalha, para absorver o óleo, deixe os quitutes esfriarem.

Polvilhe com uma quantidade generosa de açúcar de confeiteiro.

Priátnogo appetita!

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies