Pútin e Erdogan discutirão contrato de S-400 durante reunião em Sôtchi

Encontro bilateral em Sôtchi cimenta retomada de relações entre países após período turbulento

Encontro bilateral em Sôtchi cimenta retomada de relações entre países após período turbulento

Kremlin.ru
Negociações de possível venda de armamento à Turquia surgiram no final de 2016. Ministro turco acredita que decisão conjunta sobre contrato será tomada em breve.

Os presidentes da Rússia, Vladímir Pútin, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, poderão discutir a entrega de sistemas avançados de mísseis superfície-ar S-400 a Ancara, em uma reunião bilateral que acontecerá em Sôchi na próxima quarta (3).

“[A questão do fornecimento de S-400] poderá ser discutida na reunião entre os  dois líderes”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmítri Peskov.

O ministro turco da Defesa, Firki Isik, também confirmou que Erdogan espera discutir os parâmetros de um contrato sobre a compra dos sistemas russos durante o encontro.

“Suponho que, após as negociações entre Erdogan e Pútin, será tomada uma decisão conjunta sobre os próximos passos para a aquisição dos sistemas antiaéreos russos”, disse o ministro, citado pela agência de notícias Anadolu.

Mais cedo, Isik havia afirmado que “os trabalhos relacionados ao S-400 chegaram à fase final, mas isso não significa que um acordo será assinado amanhã”.

A notícia de que a Rússia e a Turquia estariam negociando o fornecimento de sistemas de defesa antiaérea S-400 surgiu em novembro passado.

O CEO da estatal russa Rostec, Serguêi Tchemezov, revelou, em março deste ano, que Ancara manifestou o desejo de obter um empréstimo da Rússia para a compra de armamentos, incluindo complexos de mísseis antiaéreos desse tipo.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.