Rússia e Turquia fecham acordo para cessar-fogo na Síria

Acordo abrange todas as regiões onde haja conflito armado entre os grupos de oposição e as forças do governo.

Acordo abrange todas as regiões onde haja conflito armado entre os grupos de oposição e as forças do governo.

Iliya Pitalev/RIA Novosti
Moscou, Ancara e Teerã querem se colocar como 'avalistas' da paz entre governo e oposição.

Moscou e Ancara chegaram a acordo para um plano de cessar-fogo universal que será apresentado pelas partes conflitantes na Síria, de acordo com a material publicado pela agência turca Anadolu nesta quarta-feira (28).

O acordo abrange todas as regiões onde haja conflito armado entre os grupos de oposição e as forças do governo.

A ideia é, por meio do documento, sugerir que o cessar-fogo se inicie a partir da 0:00 hora (horário local), em 29 de dezembro de 2016.

O acordo não tange formações terroristas.

Caso se alcance um cessar-fogo estável, representantes do governo sírio e da oposição, com apoio da Turquia e da Rússia, iniciarão uma discussão política em Astana para a resolução do conflito. Ancara e Moscou serão os "avalista" do processo.

Em 20 de dezembro, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguêi Lavrov, anunciou que Moscou, Ancara e Teerã estão dispostos a ser os "avalistas" do acordo entre governo e oposição síria.

"Os ministros estão de acordo sobre a importância de se ampliar o regime de cessar-fogo, sobre o livre acesso de ajuda humanitária e sobre o deslocamento livre da população civil pelo território da Síria", disse Lavrov.

Com o portal Lenta.ru.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.