Embaixador russo é morto a tiros na Turquia

Homem abriu fogo quando Karlov terminava discurso em galeria

Homem abriu fogo quando Karlov terminava discurso em galeria

AP
Chancelaria russa definiu assassinato de Andrêi Karlov como “ataque terrorista”. Ocorrência será debatida pelo Conselho de Segurança da ONU nesta segunda (19).

O embaixador russo na Turquia, Andrêi Karlov, foi assassinado nesta segunda-feira (19) por um homem armado que invadiu as instalações de uma galeria de arte contemporânea em Ancara. O governo de Moscou sugere a possibilidade de atentado terrorista.

O atirador disparou contra Karlov, que participava da cerimônia de abertura da exposição fotográfica “Rússia como vista pelos turcos”, enquanto o diplomata russo finalizava seu discurso. Após os tiros, Karlov caiu no chão e foi prontamente levado ao hospital, mas não conseguiu resistir aos ferimentos.

“Nós qualificamos os eventos como um ataque terrorista, e estamos em contato com as autoridades turcas que prometeram realizar uma investigação completa. Os agressores serão punidos", disse a porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, Maria Zakhárova.

A Rússia irá abordar o assassinato de Karlov junto ao Conselho de Segurança da ONU reunido nesta segunda, segundo a porta-voz da chancelaria russa.

“Esta questão será imediatamente levantada hoje com os membros do Conselho de Segurança da ONU”, disse Zakhárova. “Não há lugar para terrorismo e nós iremos resolutamente lutar contra ele”, completou.

Ainda segundo Zakhárova, a “memória do proeminente diplomata russo Andrêi Guenndadievitch Karlov permanecerá para sempre em nossos corações”.

As Nações Unidas também emitiram uma declaração condenando o assassinato do embaixador russo na Turquia e descartando qualquer justificativa para o ato. De acordo com Stéphane Dujarric, porta-voz do secretário-geral da ONU, os culpados devem ser encontrados e levados à justiça o mais breve possível.

Federica Mogherini, chefe de política externa da União Europeia, também prestou condolências, em nome do bloco, pela morte de Karlov.

O momento dos disparos contra Karlov foi registrado pelas câmeras que filmavam o evento e posteriormente exibido por canais de TV na Turquia. O vídeo (ATENÇÃO! CONTÉM IMAGENS FORTES) pode ser visto aqui

Com a agência de notícias Tass

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.