Pútin parabeniza Trump por vitória nas eleições

Vitória de Trump foi recebida com aplausos por deputados na Rússia

Vitória de Trump foi recebida com aplausos por deputados na Rússia

Reuters
Presidente russo manifestou esperança de estabelecer diálogo construtivo com EUA para superar atual crise entre países e reforçar a segurança global.

O presidente russo Vladímir Pútin enviou uma mensagem parabenizando Donald Trump por sua vitória na eleição presidencial dos Estados Unidos.

De acordo com a assessoria de imprensa do Kremlin, em seu telegrama, Pútin manifestou a esperança de “trabalhar em conjunto para afastar as relações russo-americanas da condição crítica [em que se encontra], e abordar questões cruciais na agenda internacional e identificar respostas eficazes aos desafios à segurança global”.

Pútin também expressou convicção de que, com a vitória de Trump, será possível estabelecer “um diálogo construtivo entre Moscou e Washington baseado nos princípios de igualdade, respeito mútuo e uma atitude realista (...) atendendo aos interesses dos povos de nossos países e de toda a comunidade mundial”.

Pútin desejou ainda sucesso a Trump em sua nova posição como chefe de Estado que, segundo ele, implica grande responsabilidade.

Reunidos em sessão nesta quarta-feira (9), os deputados da Duma de Estado (câmara baixa do Parlamento russo) receberam com aplausos a notícia da vitória do candidato presidencial dos Estados Unidos pelo Partido Republicano.

“Caros amigos e estimados colegas, há três minutos, Hillary Clinton admitiu a derrota na eleição presidencial, e, um segundo atrás, Trump começou seu discurso como presidente eleito dos Estados Unidos da América”, anunciou o deputado Viatcheslav Níkonov (Rússia Unida), em meio a aplausos.

Os eleitores norte-americanos foram às urnas em eleições gerais para votar para presidente e vice-presidente, bem como para eleger todos os membros da Câmara dos Deputados e 34 dos 100 senadores, governadores em 12 estados e dois territórios (Porto Rico e Samoa Americana), além de prefeitos em 15 grandes cidades.

As eleições presidenciais nos EUA são indiretas, isto é, primeiro se elegem por cada Estado os chamados delegados, cujo número é proporcional ao total de representantes que possui no Congresso Nacional. Para ser declarado vencedor, um candidato presidencial deve receber votos de, pelo menos, 270 membros do colégio eleitoral.

Segundo a agência Associated Press, Trump obteve apoio de 274 membros do colégio eleitoral, contra 215 de sua adversária, Hillary Clinton.

O presidente eleito Donald Trump tomará posse em 20 de janeiro.

Com a agência de notícias Tass

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.