Forças com apoio externo querem derrubar Maduro, diz chancelaria russa

Proposta de referendo para deposição de líder venezuelano segue adiante

Proposta de referendo para deposição de líder venezuelano segue adiante

Foto: Reuters
Em declaração oficial, Rússia exortou comunidade global, sobretudo vizinhos da Venezuela, a contribuir para a normalização do cenário político no país latino-americano.

O objetivo das forças irreconciliáveis ​​na Venezuela, que contam com o apoio externo, é derrubar o atual governo, declarou, em nota, o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo na segunda-feira (3).

“A dinâmica de desenvolvimento da situação política na Venezuela demonstra que forças internas irreconciliáveis, que contam com apoio externo, estão tentando aumentar as tensões (...) A meta é derrubar o governo a qualquer custo”, disse a pasta.

Segundo o documento, a resolução do Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela sobre a preparação de um referendo para remover o chefe de Estado seria usada como pretexto para a mais recente espiral de tensões.

“A única base para a resolução de problemas políticos internos na Venezuela, como em qualquer outro país, está no respeito à constituição e às leis nacionais”, destacou o ministério russo. “É inadmissível extrapolar os limites da lei ou exercer pressão externa para estimular essas etapas (...) Somente o povo venezuelano, como detentor de soberania, tem o direito de decidir seu futuro usando mecanismos constitucionais.”

O órgão declarou ainda que gostaria que a comunidade internacional, incluindo os vizinhos da Venezuela, prosseguissem com uma política que “promova a normalização da situação política em Caracas”.

Com a agência de notícias TASS

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.