Argentina é ‘parceiro notável’ na América Latina, diz Pútin

Macri (esq.) e Pútin se reuniram à margem de cúpula do G20 na China

Macri (esq.) e Pútin se reuniram à margem de cúpula do G20 na China

AP
Trocas comerciais entre países cresceram 1,7% entre janeiro e junho.

Em reunião bilateral à margem da cúpula do G20, o presidente russo Vladímir Pútin se referiu à Argentina como um importante parceiro econômico e comercial na América Latina.

“Mantemos contatos ativos entre ministérios e agências governamentais. (...) A Argentina é um parceiro comercial e econômico notável na América Latina”, disse Pútin a seu homólogo argentino, Mauricio Macri, na segunda-feira (5).

Apesar das dificuldades apresentadas na reunião, os líderes destacaram o crescimento de 1,7% no volume de comércio entre os dois países entre janeiro e junho de 2016.

Além de Pútin, a delegação russa presente na reunião era composta pelo chanceler russo Serguêi Lavrov, o assessor presidencial Iúri Uchakov, diversos ministros, o diretor-geral da Rosatom Serguêi Kirienko, e o presidente da Rosneft, Ígor Sétchin.

Publicado originalmente pela agência de notícias Tass

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.