Encontro presidencial turco-russo deve restabelecer relações bilaterais

Rússia foi um dos primeiros países a prestar solidariedade a Erdogan quando da tentativa de golpe militar, ainda neste mês de julho.

Rússia foi um dos primeiros países a prestar solidariedade a Erdogan quando da tentativa de golpe militar, ainda neste mês de julho.

Reuters
Pútin recebe Erdogan em 9 de agosto, em São Petersburgo. Cooperação entre países resfriou desde abatimento de aeronave russa na fronteira síria, em novembro de 2015.

O vice-premiê turco Mehmet Shimshek confirmou, em encontro com seu homólogo russo, Arkádi Dvorkovitch, que o presidente turco Recep Tayyip Erdogan terá encontro oficial com o presidente russo em 9 de agosto, em São Petersburgo.

O objetivo da reunião, de acordo com Shimshek, é acelerar o tempo de normalização da situação e as relações russo-turcas, abaladas desde o abatimento de uma aeronave russa na fronteira entre Síria e Turquia, em novembro de 2015.

De acordo com Dvorkovitch, o encontro entre os vices-premiês fez parte da preparação para a visita de Erdogan, que será o primeiro encontro entre os líderes após o incidente com o bombardeiro Su-24 russo.

Planeja-se ainda uma reunião de nível ministerial entre os países.

Ressucitando a amizade

"O pedido de desculpas [pelo incidente de 24 de novembro de 2015 com a aeronave russa] pela parte turca foi aceito [em 28 de junho de 2016], e isso criou condições para que o restabelecimento, por etapas, de nossas relações", declarou Dvorkovitch.

A Rússia foi um dos primeiros países a prestar apoio a Erdogan quando da tentativa de golpe militar, em 15 de julho de 2016. Em 22 de julho, o premiê russo Dmítri Medvedev assinou um decreto para um reinício da Comissão Russo-Turca de Cooperação Econômica.

Em 25 de julho, o Ministério dos Transportes da Rússia apresentou ao governo um documento para o restabelecimento de voos fretados para a Turquia. Os mesmos haviam sido cancelados por motivos de segurança após o golpe.

Durante o encontro com Dvorkovitch, Mehmet Shimshek ressaltou que as relações entre o povo russo e o turco mantiveram-se amigáveis mesmo em um período tão turbulento, e relembrou que o objetivo dos novos contatos russo-turcos é colocar os contatos bilaterais no mesmo nível pré-novembro de 2015, ou "ainda mais alto".

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.