Kremlin nega interesse de retornar às negociações do G8

Rússia foi excluída do G8 em 2014 devido a posicionamento sobre a Ucrânia

Rússia foi excluída do G8 em 2014 devido a posicionamento sobre a Ucrânia

Aleksandr Miridonov/Kommersant
Participação em formatos relacionados ao G20 é de maior interesse, disse porta-voz do governo russo. Retomada das negociações havia sido aventada por diplomata alemão.

O regresso da Rússia ao G8 não está na agenda do Kremlin, declarou o porta-voz do presidente russo, Dmítri Peskov, na terça-feira (19).

“Esta questão não está na agenda no momento”, disse Peskov. “De fato, a participação nos formatos relacionados ao G20 é de maior interesse, considerando a sua composição, que reflete os países que influenciam os processos econômicos e outros no mundo”, acrescentou. 

“Do nosso ponto de vista, este [G20] é o formato mais completo e apropriado agora”, arrematou.

Às vésperas da próxima cúpula do G7, em maio, o ministro das Relações Exteriores alemão Frank-Walter Steinmeier, entre outros políticos europeus, havia sugerido um possível regresso da Rússia à plataforma, levando em conta as condições impostas para tal retorno.

Com material da agência de notícias Tass

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.