Presidente do Senado russo deve visitar Brasil em novembro

Em encontro com Temer, Matvienko (à dir) disse que elações russo-brasileiras são de “natureza privilegiada”

Em encontro com Temer, Matvienko (à dir) disse que elações russo-brasileiras são de “natureza privilegiada”

Romerio Cunha/Flickr Michel Temer
Em evento bilateral em Moscou, Valentina Matvienko destacou parceria parlamentar entre países e reforçou necessidade de continuar esforços para ratificar acordos já existentes e aumentar cooperação em nível regional.

Durante a  abertura das negociações com o vice-presidente do Brasil, Michel Temer, na terça-feira (15), a presidente do Conselho da Federação (Senado russo), Valentina Matvienko, declarou interesse em visitar o Brasil em novembro deste ano.

“Em novembro, conforme o convite feito a mim, planejo visitar o Brasil. O presidente da Duma de Estado [Serguêi Naríchkin] também pretende ir ao Brasil no próximo ano, para que o nosso diálogo não seja interrompido”, disse Matvienko.

“É muito positivo que, nos últimos anos, tenham começado a se desenvolver as relações entre os grupos parlamentares do Brasil e da Rússia”, acrescentou.

Matvienko ressaltou que as relações russo-brasileiras são de “natureza privilegiada” e expressou satisfação com contatos regulares no mais alto nível entre os dois países.

“Como político experiente, o senhor compreende que a cooperação entre órgãos legislativos dos dois Estados traz uma contribuição essencial para o incremento da cooperação entre os nossos países”, destacou a senadora, referindo-se a Temer.

Ainda segundo a presidente do Conselho da Federação, é necessário acelerar a ratificação dos acordos já definidos por organizações intergovernamentais a fim de evitar dupla tributação.

“Há também um enorme potencial de cooperação regional entre Rússia e Brasil. Hoje Moscou, São Petersburgo e Tatarstão cooperam com Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina. Eu acredito que essa lista precisa e pode se expandir”, concluiu Matvienko.

Publicado originalmente pela agência RIA Nôvosti

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.