Multa francesa por Mistral chegará a quase 1 bilhão de euros

Reuters
Navios encomendados ao país por Moscou não foram entregues após instituição de sanções. Até que Moscou receba todos os pagamentos, Paris não tem poder legal de repassar embarcações a uma terceira parte, de acordo com a Assembleia Nacional.

Paris finalmente revelou o valor da multa que será paga a Moscou devido ao cancelamento da entrega de navios Mistral encomendados pela Rússia: 944.754.849 euros. O valor consta de projeto de lei sobre a ratificação do acordo entre Paris e Moscou, e está disponível no site da Assembleia Nacional da França.

De acordo com o documento, o acordo para resolução de divergências foi assinado em Moscou, em 5 de agosto de 2015, pelo enviado de Paris Louis Gotieu epelo vice-premiê russo Dmítri Rogózin.

Além do valor estipulado, lê-se no documento que a França não tem direito legal de repassar as embarcações a terceiros enquanto a Rússia não tiver recebido toda as multas e restituições.

Além disso, em outro ponto do documento lê-se que qualquer terceira parte que venha a ter tido prejuízos com a quebra do contrato dos Mistral não tem direito a multa.

O projeto de lei será apresentado para análise da comissão de negócios exteriores do Parlamento da França em 16 de setembro.

Versão reduzida de material da agência Ria Nôvosti.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.