Em viagem à Itália, Pútin se reunirá com papa Francisco

Pútin já se reuniu com o líder da Igreja Católica em novembro de 2013 Foto: Reuters

Pútin já se reuniu com o líder da Igreja Católica em novembro de 2013 Foto: Reuters

O presidente russo Vladímir Pútin viajou nesta terça-feira (9) para a Itália, onde vai se encontrar com os líderes do país e visitar a Expo 2015. Nesta quarta-feira (10) Pútin se reunirá também com o papa Francisco no Vaticano.

A crise ucraniana e a situação dos cristãos no Oriente Médio são algumas das questões que serão debatidas na reunião entre Pútin e o papa Francisco, segundo o conselheiro do Kremlin para política exterior, Iúri Uchakov.

“As relações bilaterais, a crise ucraniana, a situação dos cristãos no Oriente Médio e a necessidade de proteger os interesses dos fiéis serão discutidas [no encontro desta quarta-feira]”, disse Uchakov, em entrevista coletiva.

O conselheiro não quis comentar sobre a possibilidade de o presidente russo e o líder cristão agendarem uma visita papal à Rússia.

“Eles não discutirão qualquer visita do papa à Rússia, porque essa é uma questão que diz respeito não só ao Estado, mas também à hierarquia da Igreja Ortodoxa”, disse Uchakov, que não descartou uma possível reunião em Roma entre o presidente russo e ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi.

Pútin já se reuniu com o líder da Igreja Católica em novembro de 2013, quando discutiram uma solução negociada para o conflito na Síria.

 

Com informações de agências de notícias e do jornal The Moscow Times

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.