Presidente dá conselho a mulher que sonha com cachorro em programa de TV

Pútin: "É preciso dizer isso na hora e no lugar certo"  Foto: Reuters/Vostock Photo

Pútin: "É preciso dizer isso na hora e no lugar certo" Foto: Reuters/Vostock Photo

Seguindo dica, diz Pútin, marido vai deixá-la comprar até "um elefante". Outros momentos memoráveis da edição de 2015 incluem menina perguntando quantas horas o presidente dorme e ele contando causos por que passou com outros líderes.

Como acontece todo ano, em 2015 o programa anual televisionado do presidente recebeu uma série de mensagens improváveis. Na edição dessa quinta-feira (16), a que mais se destacou foi o pedido de uma mulher para que o presidente ordenasse ao marido da amiga, Elena, que a deixasse ter um cachorro.

"Minha amiga completará 40 anos em 25 de abril. Ela quer muito um cachorro de presente. Nós, suas amigas, estamos prontas até a pagar por esse cachorro. Mas o marido dela é contra. Ele é um coronel aposentado, uma pessoa dura, como todos os nossos valentes militares. Mas ao Comandante-Chefe Superior, ele não pode recusar. Por favor! Só diga a ele: 'Boris, você não está certo. Deixe sua esposa ter um cachorro'. Nós já tentamos de tudo. Sonhos devem ser realizados :-)"

 As mensagens foram enviadas ao vivo e apareceram nos aparelhos de TV da Rússia inteira.

Pútin mostrou-se perplexo com o pedido, riu e deu conselhos às amigas para alcançarem seus objetivos caninos.

"Ordenar eu não posso, posso apenas pedir a Boris que vá ao encontro dos interesses da esposa. E a Elena poderia ela mesma dizer 'não, Boris, eu não preciso de um cachorro, vamos fazer como você quiser', e ele, ali mesmo, permitiria tudo, não só que ela comprasse um cachorro, mas um elefante. Sobretudo, dizendo isso na hora certa, no lugar certo. Vamos todos juntos pedir. Boris, deixe a esposa comprar um cachorro!"

Outros momentos memoráveis incluem uma garota de quatro anos do Cáucaso do Norte perguntando quantas horas o presidente dorme, e Pútin contando um causo de quando o ex-chanceler da Alemanha Gerhard Schröder esteve com ele em uma sauna russa que pegou fogo - e o alemão se recusava a deixar o local enquanto não terminasse sua cerveja.

 

Com informações do portal Znak.Ru, do jornal The Moscow Times e da página Ya Plakal.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.