Sete países europeus são contra endurecimento de sanções à Rússia

Estados-membros poderão se manifestar contra medidas impostas a Moscou amanhã em cúpula da UE Foto: Shutterstock

Estados-membros poderão se manifestar contra medidas impostas a Moscou amanhã em cúpula da UE Foto: Shutterstock

Estados-membros poderão se manifestar contra medidas impostas a Moscou amanhã em cúpula da UE.

Sete países europeus poderão se pronunciar nesta quinta-feira (19)  contra a intensificação das sanções impostas à Rússia em conexão com a crise ucraniana, segundo a Bloomberg.

De acordo com a agência, esses países são: Grécia, Chipre, Hungria, Eslováquia, Espanha, Itália e Áustria.

A maior parte desses Estados já havia se manifestado contra um aumento da pressão sobre Moscou.

Para se alcançar uma resolução acerca das sanções na União Europeia, é preciso que haja uma posição unânime dos líderes de seus 28 países-membros.

A validade das sanções à Rússia vence em julho.

 

Material publicado originalmente pela rádio Ekho Moskvi

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.