Sete países europeus são contra endurecimento de sanções à Rússia

Estados-membros poderão se manifestar contra medidas impostas a Moscou amanhã em cúpula da UE Foto: Shutterstock

Estados-membros poderão se manifestar contra medidas impostas a Moscou amanhã em cúpula da UE Foto: Shutterstock

Estados-membros poderão se manifestar contra medidas impostas a Moscou amanhã em cúpula da UE.

Sete países europeus poderão se pronunciar nesta quinta-feira (19)  contra a intensificação das sanções impostas à Rússia em conexão com a crise ucraniana, segundo a Bloomberg.

De acordo com a agência, esses países são: Grécia, Chipre, Hungria, Eslováquia, Espanha, Itália e Áustria.

A maior parte desses Estados já havia se manifestado contra um aumento da pressão sobre Moscou.

Para se alcançar uma resolução acerca das sanções na União Europeia, é preciso que haja uma posição unânime dos líderes de seus 28 países-membros.

A validade das sanções à Rússia vence em julho.

 

Material publicado originalmente pela rádio Ekho Moskvi

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies