Medvedev aprova verba para criar ‘Secretaria Virtual’ dos Brics

Líderes dos cinco países durante a 6ª Cúpula do Brics, que aconteceu em julho do ano passado no Brasil Foto: Palácio do Planalto

Líderes dos cinco países durante a 6ª Cúpula do Brics, que aconteceu em julho do ano passado no Brasil Foto: Palácio do Planalto

Site conjunto irá fomentar comunicação entre os cinco emergentes do grupo.

O primeiro-ministro russo Dmítri Medvedev assinou um decreto determinando que o Ministério das Finanças russos disponibilize 5,7 milhões de rublos (pouco mais de 90 mil dólares) do orçamento para “financiar os custos associados com a criação e a utilização de um site conjunto do Brics na internet”.

De acordo com o documento publicado no site oficial de informações jurídicas, o Ministério dos Negócios Estrangeiros e o Ministério das Finanças do país devem prover “as verbas orçamentárias necessárias” destinadas ao desenvolvimento da chamada Secretaria Virtual do Brics nos próximos anos.

O Bric foi lançado em junho de 2006 pela Rússia, Índia, China e Brasil. Três anos depois, a África do Sul juntou-se ao grupo, que passou a ser chamado de Brics.

A Rússia, que preside o grupo de emergentes em 2015, receberá a próxima Cúpula do Brics durante o verão europeu. O evento que reunirá os líderes dos cinco países acontecerá em Ufa, capital da República de Bachkortostão.

Publicado originalmente pela agência de notícias Tass

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.