Jornal austríaco sugere que Pútin está com problema nas costas

Alguns veículos sugeriram que Pútin teria viajado à Suíça para acompanhar o parto de sua namorada Foto: Konstantin Zavrájin/RG

Alguns veículos sugeriram que Pútin teria viajado à Suíça para acompanhar o parto de sua namorada Foto: Konstantin Zavrájin/RG

Sumiço do presidente na última semana vem alimentando rumores diversos.

Um jornal austríaco informou neste domingo (15) que o presidente russo Vladímir Pútin estaria sofrendo de problemas nas costas, e que um ortopedista vienense tinha viajado a Moscou para tratá-lo.

O jornal “Kurier” não revelou o nome do médico nem divulgou a fonte de tal informação.

Pútin, que não é visto em público ou em transmissões pela televisão há mais de uma semana, adiou uma reunião com os líderes do Cazaquistão e da Bielorrússia na semana passada.

O porta-voz do Kremlin, Dmítri Peskov, não atendeu o telefone quando contatado pelo jornal “The Moscow Times” para comentar sobre a reportagem do jornal austríaco.

Uma outra reportagem divulgada neste domingo pelo canal independente Dojd diz que Pútin não esteve em Moscou nos últimos dias.

Fontes disseram ao canal Dojd que o presidente estaria em sua residência no lago Valdaí, na província de Novgorod. Peskov se recusou a comentar sobre o assunto quando contatado pelo veículo.

O silêncio de Pútin na semana passada tem alimentado especulações sobre a situação do presidente, desde o seu estado de saúde à perda do poder. Alguns veículos sugeriram também que Pútin teria viajado à Suíça para acompanhar o parto de sua namorada.

A assessoria do Kremlin negou todos os boatos.

Nesta segunda-feira (16), Pútin tem uma reunião agendada com o presidente do Quirguistão, Almazbek Atambaiev, em São Petersburgo.

 

Publicado originalmente pelo jornal The Moscow Times

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.