Líder nacionalista recomenda sexo “quatro vezes ao ano”

Depois de sugerir poligamia para aumentar índice de natalidade, Jirinóvski recomendou "menos sexo" Foto: ldpr.ru

Depois de sugerir poligamia para aumentar índice de natalidade, Jirinóvski recomendou "menos sexo" Foto: ldpr.ru

Político conhecido por declarações polêmicas voltou às manchetes com receita de vida saudável.

O líder do Partido Liberal Democrata da Rússia (LDPR), Vladímir Jirinóvski, pediu que os membros do partido sigam uma receita rigorosa de estilo de vida saudável, que inclui fazer sexo apenas uma vez a cada três meses.

Jirinóvski, que é conhecido por suas propostas bizarras, fez tais comentários nesta terça-feira (14), depois de os jornalistas lhe perguntarem como ele havia passado os feriados de Ano Novo.

“A partir deste ano, estamos introduzindo normas para a atividade sexual: uma vez por trimestre”, disse Jirinóvski, que não bebe, fuma ou come carne durante as férias.

“Sob a influência da pornografia, fitas pornôs e vários filmes fúteis do gênero, a geração mais jovem internalizou a regra de ‘quanto mais, melhor’”, declarou Jirinóvski. “Bem, quanto menos, melhor. E só quando há carinho mútuo. Aqui está o padrão: uma vez por trimestre, três ou quatro vezes por ano é o suficiente.”

No passado, Jirinóvski, que fundou o partido nacionalista LDPR em 1991, chegou a propor a poligamia como saída para aumentar a população.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow News


Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.