Autoridades terão que repassar presentes para o Estado

Presentes de trabalho que custarem mais de mil dólares serão vendidos para incrementar orçamento federal Foto: torange.ru

Presentes de trabalho que custarem mais de mil dólares serão vendidos para incrementar orçamento federal Foto: torange.ru

O primeiro-ministro russo Dmítri Medvedev assinou uma ordem que instrui os funcionários do Estado a repassar os presentes de trabalho que receberem para o governo.

O documento diz que as autoridades do Estado terão de informar dentro de três dias sobre os presentes que receberem. Elas não têm direito de aceitar presentes cujo valor supere 3.000 rublos (aproximadamente US$ 1.000).

Qualquer presente acima desse valor deve ser necessariamente repassado para o governo. Os presentes serão então vendidos, e o dinheiro, destinado ao orçamento federal. As novas regras se aplicam a autoridades federais e municipais.

 

Publicado originalmente pela agência ITAR-TASS

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.