Pútin anuncia divórcio pela TV

Antes de anunciar o divórcio, o casal assistiu ao balé La Esmeralda, em Moscou Foto: REUTERS / Michael Klimentyev / RIA Nóvosti / Kremlin

Antes de anunciar o divórcio, o casal assistiu ao balé La Esmeralda, em Moscou Foto: REUTERS / Michael Klimentyev / RIA Nóvosti / Kremlin

Presidente russo e sua mulher, Liudmila, confessaram a separação amigável após 29 anos de casamento.

Em sua primeira aparição na TV com a mulher em meses, o presidente russo Vladímir Pútin surpreendeu a nação com a notícia sobre seu divórcio após 29 de anos de casamento.

Vladímir Pútin, 60 anos, e Liudmila Putina, 55 anos, apareceram diante das câmeras do canal estatal Rossiya 24 na noite desta quinta-feira (6) depois de serem vistos juntos no balé La Esmeralda, em Moscou.

Essa foi a primeira que o casal foi visto junto em público desde a posse de Pútin em maio de 2012.

De pé em uma sala com decoração ostensiva, Pútin e sua mulher compartilharam suas impressões do balé com um correspondente do Rossiya 24, em uma entrevista que soou como uma alegoria de seu relacionamento.

“A performance foi simplesmente fantástica”, disse Pútin.

“A música era linda”, completou Liudmila Putina. “Nosso balé alcançou esplendor e perfeição. Os movimentos eram tão livres e discretos. Parece que eles estavam voando, o trabalho duro deles permanece invisível para o público.”

Depois de trocarem mais algumas observações, o correspondente abordou um assunto bastante delicado. “Há boatos de que você vivem separados. Isso é verdade?”, questionou o jornalista.

“É verdade”, disse Pútin. “Minha atividade e trabalho tem tudo a ver com publicidade. Publicidade absoluta. Alguns gostam, outros não. Alguns são absolutamente incompatíveis com isso. Liudmila Aleksandrovna não se sente à vontade. Já faz oito anos ou nove...sim, nove. Portanto, foi uma decisão mútua.”

Liudmila Pútin entrou na conversa para dizer que ela assina embaixo das “palavras de Vladímir Vladimirovitch”.

“Nosso casamento acabou porque mal nos vemos”, disse ela após uma pausa. “Vladímir Vladimirovitch está imerso em seu trabalho, os nossos filhos cresceram e eles vivem suas próprias vidas. Acontece que eu e ele vivemos nossas vidas. Eu realmente não gosto de publicidade.”

“Liudmila Aleksandrovna mencionou nossos filhos – nós os amamos e temos muito orgulho deles", comentou Pútin. "Eles cresceram e têm suas próprias vidas. Aliás, eles estudaram na Rússia e continuam morando no país.”

Liudmila e Vladímir Pútin tem duas filhas, Maria, 28 anos, e Katerina, 26.

“Liudmila Aleksandrovna e eu estaremos sempre próximos”, disse Pútin.

Liudmila Putina concordou. “Nós mantemos um ótimo relacionamento, e eu sou grata a Vladímir Vladimirovitch por ainda dar apoio a mim e às nossas filhas. Ele tem muito cuidado com elas.”

O correspondente perguntou com uma voz tímida se tratava-se realmente de um divórcio.

“Você pode chamá-lo de um divórcio civilizado”, respondeu Liudmila Putina.

Vladímir Pútin agradeceu o correspondente, deixando claro que a entrevista havia chegado ao fim.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.