“Doutores palhaços” curam crianças com alegria e risadas

Os correspondentes da Gazeta Russa passaram um dia com as doutores Kaplia (Gota) e com a Sova (Coruja), voluntárias da Fundação Doutor Palhaço. Ao lado de médicos, pais e funcionários do hospital, palhaços ajudam no tratamento de crianças.

Clique em   para ativar as legendas em português

O “Doutor Palhaço” é um projeto filantrópico que usa técnicas de palhaços como forma de terapia para crianças internadas por longos períodos. Várias vezes por semana, os voluntários da fundação, muitos dos quais são músicos e atores profissionais, visitam as crianças para tornar suas vidas mais alegres e leves no hospital.

“Nós vamos às enfermarias tentando achar uma forma de abordar as crianças individualmente, é isso que torna o nosso trabalho especial”, diz Iúlia Kostenko, conhecida como Dra. Kaplia.

Segundo os voluntários, os palhaços são as únicas pessoas para as quais as crianças podem frequentemente dizer “não”, o que significa um alívio emocional não menos importante do que as brincadeiras e piadas.

“Quando nós vamos a um hospital, estamos prontos para receber uma bronca. Para eles é psicoterapia instantânea. Para nós? Somos palhaços. Respiramos fundo e seguimos em frente”, acrescenta Dr. Kaplia. 

Apesar das dificuldades enfrentadas pelos voluntários, a maioria dos membros da fundação gosta muito do trabalho e tende a permanecer no projeto por um longo período. “Há despedidas muito emocionantes. Quando uma criança recebe alta, nós desejamos que nossos caminhos nunca mais se cruzem em um ambiente hospitalar”, diz Marina Zadvornaia, conhecida como Dr. Sova.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.