Ciência e arte em sintonia na exposição “Frontier”

O Espaço de Arte e Ciência Laboratoria, em Moscou, foi inaugurado há cinco anos e, em meados de setembro, comemorou seu aniversário com a exposição "Frontier". Tirar o retrato de um cheiro, medir a magia de um olhar, ler dados de moluscos venenosos e convertê-los para áudio. Isso tudo é possível pela criatividade conjunta de artistas e cientistas russos no Espaço de Arte e Ciência Laboratoria, em Moscou.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.