Bailarinos americanos mergulham na história russa

 

Enquanto a colaboração entre Rússia e Estados Unidos regride em algumas áreas e a imagem do Teatro Bolshoi sofre com os recentes escândalos, a Fundação Russo-Americana se esforça para fortalecer os laços culturais entre os dois países.

“A base do grande respeito que os nossos participantes compartilham pelo balé – e as contribuições da Rússia ao mundo do balé no passado, presente e futuro – fazem esse programa ser tão eficaz”, diz o vice-presidente da Fundação Russo-Americana, Rina Kirchner.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.