Metrô de Moscou ganhará 14 novas estações futurísticas

Outra nova estação da zona oeste de Moscou, a Shelepikha terá capacidade de receber até 13 mil passageiros por hora e será decorada com mármore branco e amarelo. Essa estação fará parte de uma nova linha que ligará as paradas Dinamo e Delovoy Tsentr.

Outra nova estação da zona oeste de Moscou, a Shelepikha terá capacidade de receber até 13 mil passageiros por hora e será decorada com mármore branco e amarelo. Essa estação fará parte de uma nova linha que ligará as paradas Dinamo e Delovoy Tsentr.

Comissão de Arquitetura e Planejamento Urbano de Moscou
Grandes transformações em infraestrutura estão a todo vapor tanto sobre como sob a superfície da capital russa. Três novas estações de metrô já abriram desde janeiro, e mais 14 estão previstas até o final do ano.
A nova estação de Ochakovo será uma continuação da já existente linha amarela, que atualmente faz o trajeto Kalinisko-Solntsevskaya. A estação será localizada no sudoeste de Moscou, perto das lagoas de Ochakovo. Por isso, os arquitetos planejam ornamentá-la com a temática de lírios d’água.
Até o final do ano, as autoridades planejam finalizar também a construção de uma nova estação da linha Lyublinsko-Dmitrovskaya. A futura estação Verkhniye Likhobory, no norte de Moscou, deverá facilitar o trânsito de 80 mil passageiros.
Outra nova estação será aberta na região do parque Khodynskoye Pole, também no norte de Moscou. Ela proporcionará acesso direto à Megasport Arena, um dos maiores complexos esportivos de Moscou. Na futura estação CSKA, que terá temática “esportiva”, deverão circular mais de 120 mil pessoas por dia.
A região oeste de Moscou também ganhará uma nova estação de metrô que será nomeada em referência a sua localização, Borovskoye Shosse (rodovia), e atenderá os 35 mil moradores dos distritos de Novoperedelkino e Solntsevo.
A estação Okruzhnaya, na linha Lyublinsko-Dmitrovskaya, está prevista para o final do ano, e a expectativa é que ajude a reduzir o tráfego de passageiros na Dmitrovskoye Shosse (rodovia), no norte da capital. Será construída com mármore e granito, no estilo da ferrovia local Savelovskaya.
Uma nova estação também será inaugurada nos entornos da estação Dinamo, que atualmente sofre com o tráfego excessivo de passageiros. A futura estação Petrovsky Park permitirá que mais de 245 mil pessoas se locomovam diariamente pela região e integrará uma nova linha que partirá dali até Delovoy Tsentr. A nova parada será decorada com granito cinza e preto e mármore branco e verde dos Urais.