Instagram premia contas ‘mais humanas’ do app

Dmítri Markov
Brasileira, russo e bengalês foram vencedores entre mais de 1.200 inscritos

A Getty Images, maior serviço de fotos do mundo, anunciou, em colaboração com o Instagram, os vencedores do “Getty Images Instagram Grant”, um prêmio para fotógrafos que documentam no Instagram histórias de comunidades sub-representadas em todo o mundo.

Os três vencedores foram selecionados entre mais de 1.200 inscrições de 109 países, com base em seus respectivos portfólios de trabalho no Instagram.

Os trabalhos foram analisados por um painel de especialistas na área, entre os quais figuram David Guttenfelder, parceiro fotográfico da National Geographic, Kira Pollack, diretora de fotografia da revista “Time”, e Ramin Talaie, cofundador da @EverydayIran.

Qualidade das imagens, técnica fotográfica e capacidade de contar histórias foram os principais fatores levados em consideração durante o processo de seleção.

Os vencedores são Ismail Ferdous, de Bangladesh, Adriana Zehbrauskas, do Brasil, e Dmítri Markov, da Rússia.

Dmítri Markov (@dcim.ru) vive em Pskov, no noroeste da Rússia, onde trabalha com crianças com deficiência e é voluntário em organizações que prestam serviços de apoio a órfãos.

Markov descreve sua infância como “sem rumo” até o momento em que descobriu a sua paixão pelo jornalismo, aos dezesseis anos. Agora, como fotógrafo profissional, ele se dedica a documentar questões sociais.

A conta de Markov no Instagram apresenta retratos poderosos de pessoas que encontra no dia a dia em lugares como estações ferroviárias e mercados de rua.

Ao compartilhar o seu trabalho no Instagram, ele tem expectativa de incentivar a sociedade a “olhar para os problemas dessas crianças de uma forma humana”.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.