Do que os russos tem medo?

Os russos acreditam que a crise econômica é a principal ameaça ao seu país, de acordo com uma pesquisa recente realizada pelo VTsIOM, mas o percentual dos que não veem ameaça alguma à Rússia cresceu de 1% para 11%. "É um progresso, mas 11% ainda não é o bastante", diz o diretor-executivo do VTsIOM, Váleri Fedorov. “Apesar de uma década de crescimento econômico, as pessoas continuam com medo tanto de uma turbulência econômica como política.” Fedorov acredita que isso ocorre porque os russos sofreram várias crises econômicas ao longo dos últimos 20 anos e buscam segurança. Fedorov acrescenta que o acesso fácil à informação desempenha um papel importante na disseminação de medo pela sociedade. “Informação do mundo inteiro chega à mídia e às redes sociais na mesma hora. Enquanto, no passado, eram apenas imagens em uma tela de TV, os desdobramentos atuais acontecem cada vez mais de perto de casa, em lugares como o Egito, onde muitos russos já estiveram”, acrescenta o especialista. A pesquisa foi realizada em janeiro com um grupo de 1.600 entrevistados de 138 comunidades em 46 regiões russas.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.