Pôsteres mostram como URSS estimulou o tabagismo; veja imagens

Em uma época em que fumo era cultuado internacionalmente, cartazes soviéticos eram chave da publicidade: letras garrafais, frases de impacto e simbologias.

Pôsteres no estilo soviético eram a principal forma de publicidade utilizada para anunciar os cigarros.

Em muitas regiões russas, as pessoas eram acostumadas a enrolar – como ainda hoje – seus próprios cigarros. Mas, no início do período soviético, uma grande empresa recém-lançada promovia o tabagismo e estimulava os cidadãos a comprar cigarros em maços. A indústria do tabaco ia ficando cada vez mais poderosa e surgiram vários tipos de cigarros, incluindo os especiais para mulheres (foto).

Neste cartaz, o texto na parte inferior diz: “Todos fumam!”

Em outros pôsteres, jovens mulheres oferecem cigarros. Cores brilhantes, sorrisos e letras garrafais – todos elementos sugestivos para as vendas.

A Administração da Cooperativa Rural de Moscou funcionava no Edifício Mosselprom (foto), uma estrutura construtivista notável onde todos os tipos de cigarros podiam ser comprados nos tempos soviéticos. Este prédio ainda pode ser encontrado nos becos próximos à rua Nóvi Arbat (Nova Arbat).

Nem mesmo os soldados do Exército Vermelho escapavam.

“Fumar é prejudicial à saúde.” Soa familiar? No passado, porém, o tabagismo era promovido em muitas sociedades, incluindo na União Soviética, entre os anos de 1923 e 1929. Eram oferecidos até prêmios aos consumidores: na compra de cigarros, o cliente concorria a um cavalo ou uma vaca.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais