Merkel nega possibilidade de Pútin ser convidado para cúpula do G7

Merkel repetiu ainda que a Europa não pode considerar o levantamento das sanções contra a Rússia Foto: Reuters

Merkel repetiu ainda que a Europa não pode considerar o levantamento das sanções contra a Rússia Foto: Reuters

Segundo chanceler alemã, posição russa na Ucrânia vai contra valores do grupo.

De acordo com declaração recente da chanceler alemã Angela Merkel, não chance alguma de que o presidente russo Vladímir Pútin seja convidado para a próxima reunião de líderes do G7. O encontro acontecerá na Baviera, no sudeste da Alemanha.

“O G7, anteriormente G8, sempre foi visto como uma comunidade de valores”, disse Merkel ao jornal “Frankfurter Allgemeine Zeitung”, em entrevista publicada esta semana.

“A anexação da Crimeia, que é uma violação flagrante dos princípios do direito internacional, e os acontecimentos no leste da Ucrânia são graves violações desses valores comuns.”

Segundo ela, é por isso não há “no momento” nenhuma possibilidade de Pútin ser convidado para a cúpula do G7 na Baviera, em junho. Merkel repetiu ainda que a Europa não pode considerar o levantamento das sanções contra a Rússia, enquanto os motivos para a sua imposição persistirem.

A partir de março, “vamos discutir a questão de como lidar com as sanções que decidimos impor após a anexação da Crimeia pela Rússia”, disse Merkel. “Dada a situação atual, elas vão permanecer em vigor.”

Na semana passada, a chanceler alemã disse que a Europa não consideraria suspender as sanções até que todos os elementos de um acordo de paz assinado em setembro entre a Ucrânia e os rebeldes pró-Rússia fossem totalmente implementados.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow Times

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.