Governo enviou 26 toneladas de carga humanitária à Palestina

Mais de 2 mil pessoas foram mortas no enclave palestino durante operação israelense este ano Foto: Reuters

Mais de 2 mil pessoas foram mortas no enclave palestino durante operação israelense este ano Foto: Reuters

Um avião de transporte do Ministério para Situações de Emergência levou a bordo 26 toneladas de suprimentos humanitários, que foram posteriormente transportados de helicóptero para a Jordânia, segundo o porta-voz da pasta, Aleksandr Drobichévski. Carga foi entregue a representantes da embaixada palestina em Amã.

“O contato com organizações de caridade jordanianas autorizadas tornou possível a transferência de carga ao território palestino em tempo útil, para distribuí-la entre a população local”, declarou Drobichévski.

A ajuda humanitária foi fornecida conforme decisão do governo russo sobre o pedido de remédios e equipamentos médicos pelas autoridades palestinas.

Instituições de saúde na Faixa de Gaza sofrem com a escassez de suprimentos médicos após a operação militar israelense Borda Protetora.

A cerimônia para entrega da ajuda humanitária em Amã contou com a presença de funcionários de alto escalão da Palestina, delegações dos ministérios russos dos Negócios Exteriores e para Situações de Emergências, além da Organização Internacional de Defesa Civil. A carga foi entregue no aeroporto de Marka, perto de Amã.

A operação israelense Borda Protetora foi conduzida em Gaza entre 8 julho e 26 agosto deste ano. Cerca de 2.140 pessoas foram mortas no enclave palestino durante este período, e mais de 11.000 ficaram feridas.

 

Publicado originalmente pela agência Tass

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.