Brics não discutem possível expansão do grupo

Brics já cooperaram ativamente com a Argentina em diferentes formatos internacionais Foto: Serviço de imprensa

Brics já cooperaram ativamente com a Argentina em diferentes formatos internacionais Foto: Serviço de imprensa

Chanceler russo negou adesão da Argentina alegando que “tudo tem seu tempo”.

A ampliação do grupo de nações emergentes do Brics não foi discutida ainda, informou o chanceler russo, Serguêi Lavrov, após reunião com o seu homólogo argentino, Hector Timerman, na capital russa.

“Em relação ao alargamento formal do grupo dos Brics, tais decisões são tomadas em consenso dentro da organização”, disse o ministro russo, respondendo à pergunta de um jornalista sobre as possibilidades de a Argentina se unir a Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

“Nenhuma ideia de expansão foi discutida ainda, mas tudo tem seu tempo”, acrescentou.

Os países do Brics já cooperaram ativamente com a Argentina em vários formatos internacionais, principalmente no Grupo dos Vinte (G20). “Trabalhar pela reforma do Fundo Monetário Internacional reflete também tanto os interesses da Argentina, como os da Rússia”, finalizou Lavrov.

 

Publicado originalmente pela agência Itar-Tass

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.