Vice-chanceler da Alemanha reconhece erros da UE em relação à Ucrânia

Foto: Reuters

Foto: Reuters

Sigmar Gabriel reconheceu que a política da UE em relação à Ucrânia foi precipitada, segundo a RIA Nóvosti.

O ministro da Economia e vice-chanceler da Alemanha, Sigmar Gabriel, reconheceu que a política da UE em relação à Ucrânia foi precipitada, segundo a RIA Nóvosti.

“Claro que não foi razoável dar a entender à Ucrânia que ela tinha de escolher entre a Rússia e a União Europeia”, afirmou Gabriel.

O ministro alemão, no entanto, responsabilizou a Rússia por “empurrar a Ucrânia para o caos”.

“É óbvio que a UE também errou, mas isso não justifica o comportamento da Rússia”, frisou Gabriel.

Com base em materiais da RIA Nóvosti e ITAR-TASS 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.